Se antes a Apple Store chegou a render mais US$ 100 bilhões para seus parceiros, agora é hora de dar adeus. Na última semana, a companhia anunciou que, a partir de 1º de outubro, os aplicativos não farão mais parte do seu Programa de Afiliados; ou seja, os parceiros não receberão mais comissões para aplicativos iOS e Mac nem conteúdo no aplicativo após os próximos meses.

Vale dizer que, com o Programa de Afiliados da Apple, era possível que fossem incluídos links em sites ou aplicativos, que eram redirecionados para milhões de músicas e apps, e as comissões sobre as vendas eram compartilhadas.

Não podemos deixar de lembrar que, no início do programa, os afiliados ganhavam 7% de qualquer compra de produtos vinculados. Depois, em abril do ano passado, a Apple reduziu o percentual sobre os ganhos para 2,5%, uma surpresa para os parceiros. Agora, a decisão de encerrar o programa deve impactar diretamente sites independentes que contam com as vinculações como parte da receita.

A gigante da tecnologia justificou a decisão citando o lançamento da nova App Store e o fato de que ela foi projetada para seu melhor na hora de descobrir aplicativos. Apesar disso, o programa para afiliados do iTunes deve continuar funcionando, mas as comissões serão atribuídas a outros tipos de conteúdos vendidos pela Apple, como músicas, filmes, livros e programas de TV. Confira o anúncio oficial:

“Obrigado por participar do programa de afiliados para apps. Com o lançamento da nova App Store no iOS e no MacOS e seus métodos aumentados de descoberta de aplicativos, removeremos os aplicativos do programa de afiliados. A partir de 1º de outubro de 2018, as comissões para aplicativos iOS e Mac e conteúdo no aplicativo serão removidas do programa. Todos os outros tipos de conteúdo (músicas, filmes, livros e TV) permanecem no programa de afiliados.”

Cupons de desconto TecMundo:



Source link